Qual a maquininha de cartão com menor taxa em 2024?

O ano de 2024 promete para os empreendedores!

A concorrência está grande e você precisa encontrar formas de vender mais para alavancar o seu negócio.

E uma forma de fazer isso é escolhendo a melhor maquininha de cartão!

Dependendo do tipo de negócio e do volume de vendas, escolher a máquina certa nem sempre é fácil.

É preciso avaliar, principalmente, as taxas.

No artigo de hoje, elaborei um material completo sobre esse assunto.

Veja qual a maquininha de cartão com menor taxa e as principais empresas desse ramo.

Ranking das melhores maquininhas de cartões com a menor taxa do mercado

1- Ton

A Ton é uma empresa que oferece várias soluções de pagamentos, incluindo inúmeras maquininhas e planos com taxas variadas.

Primeiro, vamos ver as máquinas de cartão disponíveis:

Mais barata
Ton T1

Chip 2G
Ton T1 Chip

Chip 3G
Ton T2+

Imprime comprovante
Ton T3

Touchscreen
Ton T3 Smart

Confira um resumo sobre essas maquininhas Ton:

  • T1: compacta, com teclado físico e visor colorido, a T1 precisa de celular para funcionar, envia o comprovante por SMS e aceita pagamento por aproximação;
  • T1 Chip: com teclado físico e visor colorido, não precisa de celular para funcionar, vem com Wi-Fi e Chip 2G, aceita pagamento por aproximação e envia o comprovante via app ou SMS;
  • T2+: a principal diferença em relação às anteriores é que a T2+ vem com Chip 3G, além de Wi-Fi. Ela aceita pagamento por aproximação, PIX QR Code, envia o comprovante por SMS ou app e não precisa de celular para funcionar. Assim como as anteriores, é ideal para vendas externas;
  • T3: a principal diferença é que essa máquina imprime o comprovante, que também pode ser enviado por SMS. Ela não precisa de celular para funcionar, aceita pagamento por aproximação, PIX QR Code e é uma máquina de cartão mãos robusta, para deixar no balcão;
  • T3 Smart: é mais robusta ainda, vem com Wi-Fi e Chip 4G, além de imprimir o comprovante ou enviá-lo por SMS. Ela aceita pagamento por aproximação e PIX QR Code. Outro diferencial é a bateria, com longa duração. Essa máquina possui sistema Android com Visor Touchscreen. Perfeita para deixar no balcão.

As taxas da Ton variam de acordo com o plano que você escolher.

O plano deve ser escolhido principalmente de acordo com o volume das suas vendas.

Você também deve ficar de olho nas promoções.

Atualmente, a Ton oferece taxa 0% no plano Ton Brother para débito e crédito à vista nas bandeiras Visa ou Mastercard.

Mas essa vantagem dura apenas 30 dias e depois as taxas voltam para o padrão.

E o plano Ton Brother é elegível apenas para quem possui um volume de vendas superior a R$2 mil por mês.

No mais, veja os planos da Ton e suas taxas padrões.

Ton Brother

  • Débito: 1,38% nas bandeiras Visa e Mastercard; 2,57% nas demais bandeiras;
  • Crédito à vista: 3,15% nas bandeiras Visa e Mastercard; 4,34% nas demais bandeiras;
  • Crédito parcelado: a partir de 5,63% nas bandeiras Visa e Mastercard; 7,02% nas demais bandeiras.

Mega Ton

  • Débito: 1,69% nas bandeiras Visa e Mastercard; 2,88% nas demais bandeiras;
  • Crédito à vista: 3,49% nas bandeiras Visa e Mastercard; 4,68% nas demais bandeiras;
  • Crédito parcelado: a partir de 8,99% nas bandeiras Visa e Mastercard; a partir de 10,38% nas demais bandeiras.

Ton Básico

  • Débito: 1,99% nas bandeiras Visa e Mastercard; 2,99% nas demais bandeiras;
  • Crédito à vista: 4,99% nas bandeiras Visa e Mastercard; 6,18% nas demais bandeiras;
  • Crédito parcelado: a partir de 9,91% nas bandeiras Visa e Mastercard; a partir 11,10% nas demais bandeiras.

Prós e contras das maquininhas Ton

Prós:

  • Taxas vantajosas para todos os tipos de empreendedores;
  • Vários planos flexíveis;
  • Diversas opções de maquininhas para você escolher a ideal;
  • Promoções exclusivas que fazem as taxas cair mais ainda;
  • Preço baixo das maquininhas.

Contra:

  • Poderia aceitar mais bandeiras de cartão.

2- InfinitePay

  • Sistema Android;
  • Smart;
  • Taxas competivivas;
  • Sem aluguel;
  • 1 ano de garantia
  • Grana na conta na hora ou em 1 dia útil;
  • Aceita débito, crédito, código QR e Pix;
  • Aceita pagamento por aproximação;
  • Tela touch;
  • Imprime comprovante.

A InfinitePay é uma empresa que oferece maquininha, cartão e conta digital grátis, inclusive para Pessoas Jurídicas.

A máquina disponibilizada atualmente é a Smart.

Essa maquininha é muito robusta e ao mesmo tempo tecnológica.

Ela vem com sistema Android, oferece pagamento por PIX direto na maquininha e você pode receber o dinheiro das suas vendas em até um dia útil ou até mesmo na hora.

A Infinite Smart imprime o comprovante, aceita as principais bandeiras de cartão e também fornece link de pagamento.

Ao adquiri-la, você tem acesso a uma conta digital no InfinitePay e o dinheiro das vendas cai automaticamente nesta conta.

Junto com a conta, você recebe também um cartão de crédito e tem benefícios como facilidade e menos burocracia na hora de pedir empréstimo.

Essa é uma máquina perfeita para deixar no balcão e, com o Infinite Tap, você pode usar seu celular como maquininha para agilizar as vendas.

As taxas funcionam da seguinte forma:

Débito: 1,37% nas bandeiras Visa e Mastercard e 2,58% nas demais bandeiras para receber em um dia útil. Para receber na hora, taxa de 1,98% em todas as bandeiras;

Crédito à vista: 3,15% nas bandeiras Visa e Mastercard e 4,91% nas demais bandeiras para receber em um dia útil. Para receber na hora, 4,98% em todas as bandeiras;

Crédito parcelado: a partir de 5,39% nas bandeiras Visa e Mastercard e a partir de 6,47% nas demais bandeiras para receber em um dia útil. Para receber na hora, a partir de 9,89% em todas as bandeiras.

Importante: atualmente o InfinitePay oferece a opção “InfiniteNitro”.

Essa função pode ser ativada a qualquer momento e agiliza o recebimento do dinheiro. Mas as taxas aumentam um pouco.

Prós e contras da InfinitePay

Prós:

  • Máquina completa para deixar no balcão;
  • Sistema Android que agiliza as vendas;
  • Acesso a uma conta gratuita no banco digital InfinitePay;
  • Facilidades na hora de usar os serviços financeiros do banco.

Contras:

  • Não é ideal para baixo volume de vendas;
  • É contraindicada para vendas externas.

3- Yelly

A Yelly vem se destacando no mercado de maquininhas.

Atualmente, a empresa oferece 3 modelos e taxas que variam de acordo com a bandeira do cartão e prazo escolhido para recebimento do dinheiro.

Primeiro, vamos ver a lista das maquininhas e depois um resumo sobre cada uma:

Yelly Mini

Yelly Pro

Yelly Smart

  • Yelly Mini: é a maquininha mais simples da empresa, ideal para carregar no bolso, na bolsa e fazer vendas externas. Ela vem com Wi-Fi e Chip com plano de dados gratuito. A Mini não imprime comprovante, possui teclado físico e uma tela maior e colorida;
  • Yelly Pro: o diferencial dessa máquina é que ela imprime comprovante, possui teclado físico, mas uma tela ainda maior que a Mini. Ou seja, essa maquinha é ideal para deixar no balcão. A Yelly oferece bobinas grátis para esse aparelho;
  • Yelly Smart: funciona praticamente como um celular. Ela não possui teclado físico. Tudo é digital, por conta da sua tela touchscreen. Ela imprime comprovante e a empresa disponibiliza bobinas de forma grátis.

Todas as máquinas da Yelly contam com garantia vitalícia, aceitam pagamento por aproximação e vêm com acessórios como cabo USB e carregador de tomada.

No vídeo abaixo eu falo um pouco mais sobre cada máquina da empresa:

Agora vamos ver as taxas aplicadas pela empresa:

  • Débito: 1,39% nas bandeiras Visa e Mastercard e 1,79% nas demais bandeiras para receber em um dia útil. Para receber na hora, a taxa de 1,39% se mantém para as bandeiras Visa e Mastercard, mas nas outras bandeiras cai para 1,60%;
  • Crédito à vista: 2,96% nas bandeiras Visa e Mastercard e 3,29% nas demais bandeiras para receber em um dia útil. Para receber na hora, 3,51% nas bandeiras Visa e Mastercard e 3,65% nas demais bandeiras;
  • Crédito parcelado: a partir de 4,10% nas bandeiras Visa e Mastercard e a partir de 4,25% nas outras bandeiras para receber em um dia útil. Para receber na hora, a partir de 4,51% nas bandeiras Visa e Mastercard e a partir de 5,27% nas outras bandeiras.

Prós e contras:

Prós:

  • Aceitam muitas bandeiras e carteiras digitais;
  • Garantia vitalícia para todos os modelos de maquininhas;
  • Variedade interessante de modelos para cada tipo de negócio.

Contras:

  • Preços das maquininhas um pouco elevados

4- Stone

  • Conexão wi-fi e chip ilimitado;
  • Tela touch-screen;
  • Parcele em até 18x;
  • App pra gestão;
  • Bobina grátis;
  • Garantia Ilimitada;
  • Relatório de vendas;
  • Pix na Maquininha;
  • Venda também com link de pagamento;
  • Aceita mais de 50 bandeiras;
  • Aceita vouchers.

A Stone oferece um modelo de máquina de cartão muito interessante para seu negócio, principalmente para quem precisa de uma máquina para deixar no balcão.

A máquina da Stone vem com Chip 4G, Wi-Fi e imprime o comprovante da venda.

A empresa oferece bobina grátis para o aparelho, um suporte especializado e um aplicativo para a gestão das suas vendas.

Outro ponto forte é a bateria, com alta durabilidade.

Essa maquininha aceita as principais bandeiras de cartão e vouchers e permite parcelamentos em até 18 vezes.

A interface da Stone é totalmente digital, com uma tela grande e touchscreen, que vai facilitar ainda mais seu uso e agilizar as vendas.

E, na própria maquininha, você tem acesso a relatórios de vendas, simuladores e extrato no App Stone.

A Stone ainda aceita PIX, pagamento por aproximação e possui garantia ilimitada. Se ela der problema, a empresa troca o aparelho em até um dia útil.

Agora vamos ver as taxas que ela aplica de acordo com os dois planos ofertados.

Modo Parcelado (para quem vende mais parcelado):

  • Débito: 1,29%;
  • Crédito: 3,59%;
  • Crédito à vista: a partir de 5,41%. Em 12x, a taxa fica em 11,99%.

Modo à Vista (para quem vende mais à vista):

  • Débito: 1,25%;
  • Crédito: 3,11%;
  • Crédito à vista: a partir de 7,81%. Em 12x, a taxa fica em 15,59%.

Prós e contras da Stone

Prós:

  • Taxas específicas para quem vende mais à vista ou parcelado;
  • Aceita muitas bandeiras de cartão e vouchers;
  • Garantia ilimitada;
  • Acesso ao aplicativo com várias ferramentas para acompanhar o desempenho do negócio.

Contras:

  • Possui aluguel, ou seja, mensalidades que são descontadas das suas vendas.

5- SumUp

A SumUp se destaca principalmente pelas várias opções de maquininhas e pelas taxas promocionais que são aplicadas no primeiro mês.

Mas, antes das taxas, vamos ver quais são as maquininhas dessa empresa:

Mais barata
Sumup Top

Touch screen
SumUp Solo

Imprime comprovante
SumUp Total

Touch screen
Solo Printer

Agora veja o resumo sobre cada uma:

  • SumUp Top: é ainda menos em comparação com a SumUp Solo. Ela cabe no bolso, mas, ao contrário das anteriores, precisa estar conectada a um celular para funcionar. Mesmo assim, disponibiliza relatórios de vendas pelo app, vendas com link de pagamento e outras funcionalidades.
  • SumUp Solo: é uma máquina compacta ideal para vendas externas. Sua tela é touchscreen, ela vem com Wi-Fi e Chip com dados ilimitados. A SumUp se destaca por ser resistente, apesar de leve e pequena;
  • SumUp Total: vem com conexão Wi-Fi e Chip com dados ilimitados, imprime os comprovantes e também relatórios de venda e vem com bobina grátis. O plano de dados também é gratuito. A SumUp Total tem teclado físico, ao contrário da Solo Printer;
  • Solo Printer: maquininha com design compacto, bateria que pode durar o dia todo, tela touchscreen e com interface muito rápida. O comprovante da venda pode ser enviado por SMS, mas a Solo Printer consegue imprimir seus relatórios de vendas. Nesse caso, pode deixar a máquina solta ou encaixada na impressora;

Todas as máquinas da SumUp possuem bateria recarregável e que dura o dia todo, dependendo do uso.

Elas também aceitam pagamento por aproximação e dão acesso ao aplicativo, onde você pode ter um controle completo das vendas.

E, ao adquirir uma dessas maquininhas, o dinheiro das vendas cai direto na sua conta no SumUp Bank.

Esse dinheiro começa a render automaticamente e, se usar o cartão que vem com a conta, os rendimentos aumentam ainda mais.

Agora veremos as taxas da empresa:

  • Débito: 0,90% nos primeiros 30 dias nas bandeiras Visa e Mastercard e depois 1,35%. Nas demais bandeiras, 2,55%;
  • Crédito à vista: 0,90% nos primeiros 30 dias nas bandeiras Visa e Mastercard e depois 3,10%. Nas outras bandeiras, 4,30%;
  • Crédito parcelado: a partir de 3,90% nos primeiros 30 dias nas bandeiras Visa e Mastercard e a partir de 5,40% depois desse período. Nas demais bandeiras, a partir de 6%.

Prós e contras das maquininhas Sumup:

Prós:

  • Várias opções de maquininhas;
  • Aplicativo completo para gerenciamento das vendas;
  • Taxas competitivas, especialmente no primeiro mês;
  • Conta SumUp Bank com rendimento 300% maior que a poupança.

Contras:

  • Carece de uma variedade de planos tarifários.

6- Mercado Pago

O Mercado Pago é muito tradicional quando o assunto é maquininha de cartão.

E não é para menos, já que a empresa oferece 4 modelos para você escolher, veja:

Mais barata
Point Mini NFC

Chip 4G
Point Air

Imprime comprovante
Point Pro

Smart
Point Smart

Todos esses modelos possuem algumas coisas em comum.

Elas aceitam as principais bandeiras de cartão de débito e crédito, código QR, PIX e pagamento por aproximação.

A empresa oferece 3 anos de garantia em qualquer modelo de maquininha.

Ao se tornar cliente da empresa, você também recebe uma conta digital e cartão grátis do Mercado Pago.

Na prática, o que muda em relação às maquininhas são suas funcionalidades.

Veja as principais características de cada uma delas:

  • Point Mini NFC: precisa de celular para funcionar, tem teclado físico e envia o comprovante por SMS ou e-mail. Sua bateria dura até 15 horas;
  • Point Air: não precisa de celular, pois vem com Wi-Fi, Chip 4G e planos de dados grátis. Possui tela touchscreen, envia o comprovante por SMS e sua bateria dura até 24 horas;
  • Point Pro 2: máquina que vem com Wi-Fi, Chip 3G e planos de dados grátis, não necessitando de celular para funcionar. Ela imprime o comprovante e sua bateria dura até 24 horas;
  • Point Smart: vem com Wi-Fi, Chip 4G e planos de dados sem custos extras, além de imprimir o comprovante, enquanto sua bateria dura até 72 horas, sendo esse o principal diferencial dela.

Sobre as taxas aplicadas pelo Mercado Pago, elas variam de acordo com o prazo de recebimento do dinheiro no crédito à vista.

No crédito parcelado vai depender do número de parcelas (assim como nas outras máquinas citadas aqui).

Há ainda uma taxa cobrada pelo recebimento do dinheiro, que varia de acordo com o prazo escolhido. Veja as taxas:

  • Débito: 1,99%;
  • Crédito à vista: 4,98% para receber na hora; 3,79% para receber em 14 dias; 3,03% para receber em 30 dias;
  • Crédito parcelado: a partir de 4,59% no caso de o vendedor oferecer parcelamento sem acréscimo para o cliente. A taxa de recebimento é 5,31% para receber na hora, 4,36% para receber em 14 dias e 3,60% para receber em 30 dias.

Prós e contras das maquininhas Mercado Pago:

Prós:

  • Maquininhas modernas e com bateria de longa duração;
  • Garantia estendida;
  • Acesso a conta digital e cartão do Mercado Pago.

Contra:

  • Algumas taxas (principalmente no parcelado) podem ser altas para quem está começando.

7- PagSeguro

O PagSeguro oferece ao todo 5 tipos de maquininhas e todas facilitam o acesso aos serviços do PagBank, que é um dos principais bancos digitais da atualidade.

Por exemplo, se adquirir qualquer uma delas, você recebe uma conta gratuita no PagBank, cartão de crédito grátis e pode receber o dinheiro das vendas na hora.

Veja a lista das maquininhas PagSeguro:

Mais barata
Minizinha NFC

Wifi e Chip
Minizinha Chip

Vale por 6
Moderninha Plus

Imprime comprovante
Moderninha Pro

Touchscreen
Moderninha Smart

Confira alguns detalhes das maquininhas da empresa:

  • Moderninha Smart: é a maquininha ideal para deixar no balcão, pois imprime o comprovante, vem com Chip grátis e não precisa de celular para funcionar. Com ela, você tem acesso ao App PagVendas, onde pode gerenciar seu estoque e suas vendas de forma geral. Seu teclado é touchscreen e seu sistema é muito rápido;
  • Moderninha Pro: com teclado físico e tela grande (e colorida), essa máquina também imprime o comprovante, mas pode enviá-lo por SMS. Ela vem com Chip grátis e, portanto, não precisa de celular. Em relação à anterior, a Moderninha Pro 2 é um pouco mais simples, mas muito eficiente;
  • Moderninha Plus: essa maquininha tem praticamente o tamanho de uma calculadora e é ideal para autônomos, MEIs e vendas externas. Ela vem com Chip grátis, não precisa de celular e envia o comprovante apenas por e-mail ou SMS. Seu teclado é físico e sua tela colorida. O grande diferencial é que ela aceita até 6 perfis profissionais, ou seja, pode ser compartilhada por até 6 pessoas e cada uma recebe o dinheiro em sua conta separadamente;
  • Minizinha NFC: ideal para quem ainda não tem um grande volume de vendas. Ela precisa de celular para funcionar e envia o comprovante por e-mail ou SMS. Mesmo assim, a Minizinha NFC 2 pode ser integrada com o App PagVendas. Ela possui teclado físico e pode ser carregada no bolso;
  • Minizinha Chip: é semelhante com a anterior, mas, nesse caso, ela vem com Chip grátis e Wi-Fi, não necessitando estar conectada a um celular. A Minizinha Chip 3 envia o comprovante por SMS.

Todas as máquinas do PagSeguro contam com pagamento por aproximação e não possuem aluguel.

Sobre as taxas, vamos ver como essa empresa se sai:

  • Débito: 1,99%;
  • Crédito à vista: 4,99% para receber na hora; 3,99% para receber em 14 dias; 3,19% para receber em 30 dias;
  • Crédito parcelado: 5,59% para receber na hora; 4,59% para receber em 14 dias; 3,79% para receber em 30 dias.

Prós e contras das maquininhas Pagseguro:

Prós:

  • Variedade de maquininhas;
  • Acesso a um banco digital completo;
  • Cartão de crédito grátis;
  • Sem aluguel;
  • Aceita as principais bandeiras, Vale Refeição e Ticket Alimentação.

Contras:

  • O dinheiro das vendas vai obrigatoriamente na conta do PagBank.

8- C6 Pay

C6 Pay Super Mini

C6 Pay Essencial

O C6 Bank é outro banco digital muito conhecido aqui no Brasil.

Ele oferece 2 maquininhas de cartão.

Uma mais básica e outra mais completa (destinada exclusivamente para Pessoa Jurídica). 

Ambas vêm com Chip gratuito, não precisam de celular, aceitam pagamento por aproximação e recebimentos via PIX QR Code.

Mas elas possuem algumas diferenças, vamos ver quais são elas:

  • C6 Pay SuperMini: a mais compacta do C6, não imprime o comprovante (envia por SMS). Ela possui aluguel para Pessoas Jurídicas, que podem zerar o valor se alcançarem R$3.500,00 em vendas por mês. Para MEIs e Pessoas Físicas, há o custo de adesão por comodato, que consiste no pagamento de 12 parcelas;
  • C6 Pay Essencial: é ideal para deixar no balcão, pois imprime o comprovante. Ela é específica para PJ e possui aluguel. Mas o empreendedor pode zerar o aluguel se as vendas ultrapassarem os R$5.000,00.

Ao optar por uma das maquininhas do C6 Pay, você tem acesso ao C6 Bank, conta digital completa, suporte, gestão simplificada e ainda aumenta as chances de obter crédito com esse banco.

Mas precisamos analisar as taxas, que são divididas em Pessoa Jurídica, Pessoa Física e MEI.

Pessoa Jurídica:

  • Débito: 1,63%;
  • Crédito à vista: 3,88% para receber em 2 dias úteis e 2,49% para receber em 31 dias corridos;
  • Crédito parcelado: 3,88% para receber em 2 dias úteis ou em 31 dias corridos.

Pessoa Física e MEI:

  • Débito: 1,89%;
  • Crédito à vista: 4,89% (recebimento em 2 dias úteis);
  • Crédito parcelado: 5,09% (recebimento em 2 dias úteis).

Prós e contras das maquininhas C6Pay:

Prós:

  • Taxas específicas para PJ;
  • Conta digital e cartão grátis;
  • Aceita muitas bandeiras de cartão;
  • Suporte completo no app do C6 Bank.

Contras:

  • Aluguel e taxa de comodato.

9- GetNet

A GetNet possui 4 maquininhas, todas funcionam sem a necessidade de celular e aceitam pagamentos por aproximação, QR Code e PIX.

Veja a lista:

Get Mini

Get Clássica

Get Smart Essencial

Get Smart

O que muda nessas maquininhas Getnet são algumas funcionalidades, como veremos abaixo:

  • Get Mini: possui teclado físico da empresa, muito pequena e ideal para vendas externas. Ela não imprime o comprovante, que pode ser enviado por SMS e vem com Chip 3G além do Wi-Fi;
  • Get Clássica: também com teclado físico, essa máquina é mais robusta e imprime o comprovante. A empresa fornece a bobina. Ela vem com Wi-Fi e Chip 3G, sendo ideal para deixar no balcão ou até mesmo para vendas externas;
  • Get Smart: é a máquina mais moderna da empresa. Vem com Wi-Fi, Chip 3G e 4G, e pode imprimir nota fiscal. Ela também vem com um aplicativo para gestão do seu negócio. Sua tela é touchscreen e esse aparelho é perfeito para o balcão;
  • Get Smart + App Eye Essencial: a diferença dessa máquina é que ela vem com um aplicativo para gestão completa das vendas e do seu estoque. Também conta com Chip 3G e 4G, Wi-Fi, teclado touch e impressão de notas fiscais. Perfeita para vendas maiores.

Sobre as taxas, posso dizer que a GetNet possui um sistema simplificado e de fácil compreensão. Confira:

  • Débito: 1,89%;
  • Crédito à vista: 2,99% para receber em 30 dias;
  • Crédito parcelado: a partir de 5,74% para receber em 30 dias.

Prós e contras da Getnet:

Prós:

  • Maquininhas modernas;
  • Possibilidade de reduzir taxas caso tenha CNPJ;
  • Todas as maquininhas vêm com Chip e Wi-Fi.

Contras:

  • Aceita poucas bandeiras;
  • Possui aluguel.

10- Cielo

A Cielo oferece 3 maquininhas muito modernas para seus clientes.

Todas elas vêm com Chip, Wi-Fi e não precisam de celular.

Veja a lista:

Cielo Zip

Cielo Flash

Cielo Lio

Confira mais características de cada uma:

  • Cielo Zip: é a mais compacta da empresa, possui teclado físico, visor digital e conexão 3G. Mesmo assim, imprime o comprovante ou envia por e-mail. A Cielo envia de forma gratuita 2 bobinas. Essa máquina dá acesso a Cielo Store, que possui mais de 50 apps que podem te ajudar na gestão do negócio;
  • Cielo Lio: é uma máquina mais robusta, ideal para balcão. Ela imprime comprovante, vem com 2 bobinas e possui conexão 4G. O teclado é físico, mas a tela é touchscreen;
  • Cielo Flash: com teclado físico, essa máquina não imprime o comprovante, vem com conexão 3G e é útil tanto para o balcão como para vendas externas, levando em conta um volume médio de vendas.

A Cielo trabalha com aluguel e comodato de maquininhas. As taxas mudam dependendo do modelo de negócios que você escolher:

Comodato:

  • Débito: 1,99%;
  • Crédito à vista: 4,99%;
  • Crédito parcelado: 4,99%, mais 1,99% por cada parcela.

Aluguel:

  • Débito: 1,89%;
  • Crédito à vista: 3,49%;
  • Crédito parcelado: 4,49%, mais 1,99% por cada parcela.

Prós e contras da Cielo:

Prós:

  • Máquinas modernas que funcionam sem celular;
  • Aceitam, ao todo, mais de 80 bandeiras;
  • Suporte 24 horas;
  • Troca grátis se houver necessidade.

Contras:

  • Taxas de aluguel ou comodato.

11- Safrapay

A SafraPay é uma empresa voltada para Pessoas Jurídicas que procuram uma maquininha confiável com banco digital.

Ela oferece 2 modelos de máquinas de cartão:

SafraPay Pro

SafraPay Smart

Saiba mais sobre essas duas maquininhas Safra:

  • SafraPay Pro: ideal para volume médio de vendas. Ela não precisa de celular para funcionar, vem com Chip 3G, Wi-Fi e imprimi o comprovante. É mais compacta e possui teclado físico e tela touch;
  • SafraPay Smart: é uma máquina com sistema Android, com Wi-Fi, Chip 4G e que imprime o comprovante. É uma máquina para volumes maiores de venda. Possui tela totalmente touch.

Essas 2 máquinas do SafraPay aceitam PIX, vendas por link de pagamento e oferecem o recurso de Vitrine Digital para vendas online.

No momento que este artigo foi feito, a SafraPay informava que a contratação das maquininhas “não está disponível para MEIs e Pessoas Físicas”.

Agora vamos ver as taxas da empresa:

  • Débito: 1,89%;
  • Crédito à vista: a partir de 4,18%;
  • Crédito parcelado: a partir de 4,30%.

Prós e contras da SafraPay:

Prós:

  • Recursos exclusivos para PJ;
  • Maquininhas modernas e eficientes;
  • Aceita muitas bandeiras de cartão (mais de 40);
  • Catálogo digital gratuito para vender mais pela internet.

Contras:

  • Aceita apenas PJ e não é indicada para empresas com volume baixo de vendas;
  • Tem aluguel (mas pode ser zerado conforme o volume das vendas).

Comparativo entre as taxas das melhores maquininhas

Sempre antes de comprar uma maquininha, você precisa fazer um comparativo de taxas, levando em conta o débito, crédito à vista e crédito parcelado.

Veja as menores para cada categoria, levando em conta as taxas padrões (sem contar as promoções):

Menores taxas no débito:

  • Stone: 1,25% no Modo à Vista;
  • SumUp: 1,35% (Visa e Mastercard;
  • InfinitePay: 1,37% (Visa e Mastercard;
  • Ton: 1,38% (Visa e Mastercard;
  • Yelly: 1,39% (Visa e Mastercard;
  • C6: 1,63%;
  • Cielo: 1,89%;
  • SafraPay: 1,89%;
  • GetNet: 1,89%;
  • PagSeguro: 1,99%;
  • Mercado Pago: 1,99%.

Menores taxas no crédito à vista:

  • C6: a partir de 2,49%;
  • Yelly: a partir de 2,96% (Visa e Mastercard);
  • GetNet: a partir de 2,99%;
  •  Mercado Pago: a partir de 3,03%;
  • SumUp: a partir de 3,10% (Visa e Mastercard);
  • Stone: a partir de 3,11%;
  • Ton: a partir de 3,15% (Visa e Mastercard);
  • Infinite Pay: a partir de 3,15% (Visa e Mastercard);
  • PagSeguro: a partir de 3,19%;
  • Cielo: a partir de 3,49%;
  • SafraPay: a partir de 4,18%.

Menores taxas no crédito parcelado:

  • PagSeguro: a partir de 3,79%;
  • C6: a partir de 3,88%;
  • Yelly: a partir de 4,10% (Visa e Mastercard);
  • SafraPay: a partir de 4,30%;
  • Cielo: a partir de 4,49%;
  • Mercado Pago: a partir de 4,59%;
  • Infinite Pay: a partir de 5,39%;
  • SumUp: a partir de 5,40% (Visa e Mastercard);
  • Stone: a partir de 5,41%;
  • Ton: a partir de 5,63% (Visa e Mastercard);
  • GetNet: a partir de 5,74%.

Maquininha com menor taxa para quem vende até R$ 2.000 por mês

1-  Ton

A T1 ou a T1 Chip são as máquinas da Ton ideais para volumes mais baixos de vendas.

A T1 precisa de celular para funcionar, já a T1 Chip não, pois vem com Chip de dados. 

Ambas são compactas e podem ser úteis para vendas externas.

Elas possuem os recursos básicos para quem deseja começar a vender no cartão.

Sobre as taxas, é preciso levar em conta os planos.

Se boa parte das suas vendas são à vista, o plano indicado é o MegaTon, que oferece taxa de 1,69% no débito e 3,49% no crédito à vista.

Esse plano também não possui mínimo de vendas, o que é uma vantagem.

2-  SumUp

A SumUp Top é a ideal para volumes baixos de vendas.

Ela é muito pequena e precisa de celular para funcionar. Porém, sua bateria pode durar o dia todo.

Ela não imprime comprovante e conta com todos os recursos para você vender com eficiência.

Nessa maquininha, a taxa no débito fica em 1,35% para Visa e Mastercard e 2,55% nas demais bandeiras.

No crédito à vista, a taxa é de 3,10% para Visa e Mastercard e 4,30% nas outras bandeiras. Já no crédito parcelado, as taxas ficam a partir de 3,90%.

3-  Yelly

A Yelly Mini é a mais indicada para esse caso.

Mesmo sendo uma maquininha básica, ela vem com Chip, plano de dados grátis e Wi-Fi, sendo totalmente independente.

Ela é muito pequena e ótima para vendas externas.

As taxas variam de acordo com a bandeira e prazo de recebimento.

O débito fica a partir de 1,39%, o crédito à vista a partir de 2,96% e no parcelado a taxa fica a partir de 4,10%.

4-  Pagseguro

A Minizinha NFC 2 é a mais em conta para quem possui um volume baixo de vendas.

Ela precisa de celular para funcionar, aceita pagamento por aproximação e vem com banco digital PagBank.

Ela é compacta e praticamente cabe no seu bolso, sendo muito fácil de carregar.

Mas, se você precisa de uma máquina mais completa, pode considerar a Minizinha Chip 3. 

Ela vem com Wi-Fi e Chip, ou seja, não precisa de celular para funcionar.

Há ainda a Moderninha Plus, que se destaca pela bateria de longa duração e aceita o cadastramento de até 6 profissionais.

No PagSeguro, a taxa no débito fica em 1,99%.

Já as demais dependem do prazo de recebimento.

Para receber em 30 dias, por exemplo, o crédito à vista fica em 3,19% e o crédito parcelado a partir de 3,79%.

5-  Mercado Pago

A Point Mini NFC serve para vendas baixas.

Ela precisa de um celular para funcionar, aceita pagamento por aproximação e sua bateria dura até 15 horas.

Se precisa de uma máquina independente e para vendas externas, considere também a Point Air, que vem com Wi-Fi, Chip 4G e bateria que dura até 24 horas.

A taxa no débito dessa maquininha fica em 1,99%. O crédito à vista a partir de 3,03% e o crédito parcelado a partir de 4,59%, mais a taxa de recebimento.

Maquininha com menor taxa para quem vende acima de R$ 2.000 por mês

1-  Ton

A maquininha da Ton ideal quem vende entre R$2.000 e R$3.000 é a T1 Chip ou a T2+. 

Ambas são compactas e não precisam de celular. A diferença está no Chip. A T1 Chip vem com Chip 2G.

Já a T2+ vem com Chip 3G. A T1 Chip é uma máquina mais barata, enquanto a T2+ é um pouco mais cara, porém as 2 possuem valores bem acessíveis.

Sobre o plano, o mais indicado nesse caso é o Ton Brother.

Nele, você precisa vender mais que R$2.000 para ter acesso às taxas.

O débito nesse plano fica a partir de 1,38%, o crédito à vista a partir de 3,15% e o crédito parcelado a partir de 5,63%.

2-  SumUp

A SumUp Solo é a mais indicada. Ela vem com conexão Wi-Fi, Chip 3G e plano de dados ilimitado gratuito.

Com tela touch, essa máquina agiliza as vendas ao mesmo tempo que pode ser útil para vendas externas.

Na própria máquina, você tem acesso ao relatório das vendas, o que é essencial para quem busca crescer no empreendedorismo.

As taxas no débito ficam a partir de 1,35%, no crédito à vista a partir de 3,10% e no crédito parcelado a partir de 5,40% e variam conforme a bandeira.

3-  Yelly

A Yelly Pro deve atender a sua demanda nessa situação (vendas entre R$2.000 e R$3.000).

Ela apresenta um bom custo-benefício, imprime comprovante e possui garantia vitalícia. 

Essa maquininha não é tão grande, mas possui teclado físico e tela colorida expandida, sendo ótima para deixar no balcão.

As taxas dessa maquininha para o débito ficam a partir de 1,39%.

No crédito à vista, a partir de 2,96% e no crédito parcelado a partir de 4,10%.

As taxas mudam conforme a bandeira e o prazo de recebimento. Por exemplo, se escolher receber na hora, as taxas no crédito aumentam.

Maquininha com menor taxa para quem vende acima de R$ 3.000 por mês

1-  Ton

Você pode analisar a T2+ e a T3. O que muda entre as duas é a questão do comprovante. 

Enquanto a T2+ não imprime comprovante, a T3 imprime e já vem com bobina.

As duas são práticas, mas a T3 é mais indicada para deixar em cima do balcão.

O plano ideal para quem vende mais que R$3.000 por mês é o Ton Brother, com taxa no débito a partir de 1,38%, no crédito à vista a partir de 3,15% e no crédito parcelado a partir de 5,63%.

Já para quem vende muito à vista, pode analisar o plano MegaTon ou o Ton Básico, caso queira investir menos na compra da máquina.

2-  Yelly

A Yelly Pro pode ser a mais indicada, pois funciona sem celular e imprime o comprovante. 

Com ela, você recebe a bobina, adesivo das bandeiras e uma garantia vitalícia.

A tela dessa maquininha é maior do que as outras e isso facilita as vendas.

A taxa no débito, para Visa e Mastercard, fica em 1,39% para receber em um dia útil. Nas demais bandeiras, 1,79%.

O crédito à vista fica 2,96% (Visa e Master) e 3,29% (outras bandeiras).

O crédito parcelado fica a partir de 4,10% (Visa e Master) e a partir de 4,25% (outras bandeiras).

Maquininha com menor taxa para quem vende acima de R$ 5.000 por mês

1-  Ton

A T2+ ou a T3 são as melhores para esse volume de vendas. Mas depende de como você utiliza a maquininha.

Se vende bastante externamente, a T2 é a mais indicada, pois é compacta e fácil de carregar, além de funcionar de maneira independente.

Mas, se vende muito no balcão, opte pela T3, pois ela imprime o comprovante.

O plano ideal para alto volume de vendas continua sendo o Ton Brother.

Ele oferece as menores taxas e a única exigência é vender mais que R$2.000 por mês.

O Ton Brother também conta com as menores taxas para o crédito parcelado.

2-  InfinitePay

A maquininha da InfinitePay é muito boa para vendas maiores, indicada para deixar no balcão.

Ela é robusta, vem com sistema Android e o dinheiro das vendas cai direto na sua conta no InfiniteBank.

Essa é uma das maquininhas mais completas e com mais soluções de vendas para quem quer crescer.

As taxas no débito variam de acordo com o prazo de recebimento.

Para receber em um dia útil, você garante uma taxa de débito de 1,37%, taxa de crédito à vista de 3,15% e taxa de crédito parcelado a partir 5,39% nas bandeiras Visa e Mastercard.

3-  Mercado Pago

A Point Smart é ideal para quem quer ter uma máquina completa para volumes altos de vendas.

Mas ela também vai exigir um investimento maior, o que não deve ser um problema, visto as possibilidades de parcelamento do Mercado Pago.

Essa maquininha tem Wi-Fi, plano de dados 4G, imprime o comprovante e vem com conta digital e cartão gratuito.

Ela ainda possui 3 anos de garantia e dá acesso a benefícios no Mercado Pontos.

A taxa no débito fica em 1,99%. O crédito à vista varia de acordo com o prazo de recebimento.

Para receber em 30 dias, por exemplo, você vai pagar taxa de 3,03%, o que é uma taxa competitiva.

Mas, para receber na hora, a taxa sobe para 4,98%. No crédito parcelado, a taxa parte de 4,59% e há ainda a taxa de recebimento.

4-  Yelly

Para quem vende mais que R$5 mil no cartão, a Yelly Smart pode ser a ideal, principalmente para quem precisa de uma máquina eficiente e rápida para deixar no balcão. Caso contrário, a Yelly Pro também dá conta do recado.

A Yelly Smart imprime o comprovante, já vem com bobina, possui garantia vitalícia, tela inteira touch e um sistema rápido para agilizar as vendas.

A taxa no débito parte de 1,39%. No crédito à vista, a partir de 2,96% e no crédito parcelado a partir de 4,10%.

Maquininha com menor taxa para quem vende acima de R$ 15.000 por mês

1-  Stone

A maquininha da Stone é perfeita para quem tem CNPJ e está crescendo no seu ramo de atuação.

Ela imprime o comprovante, vem com a bobina, com Chip 4G, Wi-Fi e a bateria dura por várias horas.

A Stone oferece garantia ilimitada e aplicativo para o gerenciamento das suas vendas.

Sobre as taxas, é preciso analisar os planos.

Se você vende muito parcelado, avalie o Plano Parcelado.

Ele oferece taxa no débito de 1,29%, no crédito à vista de 3,59% e no crédito parcelado a partir de 5,41% nas bandeiras Visa e Master.

2-  InfinitePay

A máquina de cartão da InfinitePay é uma boa opção para quem vende acima de R$15.000 por mês.

Ela conta com um sistema Android, imprime o comprovante e aceita as principais bandeiras de cartão e carteiras digitais.

Ela é completa, rápida e vai facilitar suas vendas.

Para receber em um dia útil, a taxa no débito dessa maquininha fica em 1,37%.

No crédito à vista, a partir de 3,15% e, no crédito parcelado, a partir de 5,39% nas bandeiras Visa e Master.

As taxas mudam se quiser receber na hora ou ainda de acordo com outras bandeiras.

3-  Ton

Nesse caso, a Ton T3 é a maquininha certa para altos volumes de vendas.

Além de vir com Chip 3G, ela imprime o comprovante, recebe por aproximação e aceita as principais bandeiras de cartão.

O plano mais indicado é o Ton Brother.

O débito nesse plano fica a partir de 1,38%. O crédito à vista a partir de 3,15%. E o crédito parcelado a partir de 5,63%.

Quais as taxas cobradas para receber com maquininha?

Taxa de débito

A taxa de débito é sempre mais baixa que as taxas de crédito, pois a empresa vai simplesmente repassar o dinheiro da venda para você de forma mais rápida.

Geralmente o repasse é feito em, no máximo, 2 dias úteis, mas muitas empresas repassam em bem menos tempo, algumas em até uma hora ou no mesmo dia.

Taxa de crédito

A taxa de crédito é maior que a taxa de débito, pois o cliente, na prática, não vai pagar naquele momento.

Quem de fato vai ficar responsável pelo pagamento/repasse é a empresa da maquininha.

Esse dinheiro pode ser repassado em 30 dias ou menos, dependendo do plano contratado e das taxas de antecipação.

Já o cliente vai pagar o valor na próxima fatura, sem que isso interfira no seu recebimento. 

Se o cliente não pagar a fatura, você recebe mesmo assim, não há motivo para preocupação.

Taxa de compras parceladas

Nas compras parceladas, a taxa de parcelamento incide sobre o valor de cada parcela. 

Quanto maior o número de parcelas, maior o valor que deverá ser pago de taxa pelo lojista. 

É por isso que muitos comerciantes não vendem parcelado ou exigem um valor mínimo para parcelar a compra.

As taxas de parcelamento podem ser fixas ou aumentar gradativamente de acordo com o número de parcelas. Tudo depende da empresa responsável pela maquininha.

Taxa de antecipação

Se você quer receber o dinheiro das vendas na hora ou em um dia útil, por exemplo, talvez terá que pagar uma taxa de antecipação.

Essa taxa serve como uma sinalização para que a empresa consiga antecipar o valor que só seria repassado mais tarde.

Quais critérios foram levados para decidir esse ranking das máquinas com menores taxas?

Menores taxas

As taxas precisam ser analisadas de acordo com os planos oferecidos, bandeiras dos cartões e outras questões, como taxa de antecipação.

Esse ranking leva em conta as máquinas com as taxas mais vantajosas levando em conta tudo isso.

A lógica é bem simples, quanto menores as taxas, menos custos para você vender com cartão.

Leia também: Qual maquininha não cobra taxa? Veja aqui!

Experiência do usuário

As máquinas precisam ser de qualidade e a empresa tem que garantir isso.

As opções citadas ao longo deste artigo contam com garantia e oferecem uma experiência satisfatória ao usuário, possibilitando um aumento das vendas e fidelização de clientes.

Facilidade de aquisição e uso

Quanto mais fácil for a aquisição e o uso das maquininhas, melhor!

Esse artigo levou em conta questões como prazo para a entrega do aparelho, formas de solicitá-los e facilidade no uso pensando principalmente no dia a dia corrido de um lojista.

Suporte e atendimento ao cliente

Hoje em dia oferecer um suporte é fundamental.

Levei em consideração o suporte oferecido por cada empresa e os meios de atendimento ao cliente, que são super importantes, ainda mais quando o assunto é negócio.

Feedback de outros usuários

A reputação dos aparelhos também foi valorizada.

As máquinas citadas aqui possuem uma boa avaliação nos principais sites que analisam essas questões.

Confiabilidade e segurança

As máquinas precisam apresentar boa interface e segurança na hora dos pagamentos.

As que foram mencionadas aqui cumprem com esses requisitos e pertencem a empresas confiáveis e que prezam pela comodidade dos clientes.

Como saber qual a melhor máquina de cartão com menor taxa para você?

Primeiro, avalie o seu perfil como comerciante e tente encontrar uma máquina que se encaixa nesse perfil.

Analise as taxas, levando em conta as tarifas no débito, crédito à vista e crédito parcelado. 

Veja se as taxas mudam dependendo da bandeira do cartão ou de acordo com o prazo de recebimento.

Também é muito importante ficar atento às promoções e às taxas que serão aplicadas após os períodos promocionais.

O volume de vendas também é relevante, pois existem planos específicos para quem vende mais e para quem vende menos.

E não posso deixar de citar a forma de pagamento.

Quem vende muito no débito, por exemplo, precisa investir em uma máquina com taxa baixa nessa modalidade, e assim por diante.

Leia também: Qual a melhor maquininha de cartão para autônomo?

Vale a pena contratar uma maquininha de cartão?

Vale muito a pena contratar uma maquininha de cartão.

Se você seguir as dicas desse artigo e analisar as opções mencionadas avaliando seu perfil de vendas, com certeza vai escolher o modelo ideal.

E, com isso, vai aumentar suas vendas e não se preocupar muito com as taxas.

Perguntas frequentes sobre maquininha com menor taxa

Qual maquininha de cartão tem a menor taxa?

Se você tem um CNPJ, a maquininha com menor taxa é a Stone. Para pessoa física, a Ton oferece as menores taxas e planos flexíveis de acordo com o seu volume de vendas.

Quem paga a taxa da máquina de cartão?

O lojista fica responsável pelo pagamento da taxa da maquininha. Esse valor é descontado diretamente da venda. Na prática, você recebe o dinheiro da venda – (menos) o valor da taxa. Ou seja, não vai receber o valor cheio da venda.

Para ter maquininha de cartão precisa de CNPJ?

A maioria das empresas não exigem ter CNPJ para a contratação/compra de uma maquininha. Porém, algumas sim e você precisa ficar atento a esse detalhe (que pode ser crucial na hora de escolher o aparelho certo).

Qual é a maquininha com melhor prazo de recebimento?

Empresas como a Ton, SumUp, Stone, Yelly e Infinite pagam em um dia útil, mas você pode receber na hora, se estiver disposto a pagar uma taxa maior.

Qual maquininha não cobra taxa de parcelamento?

Todas as maquininhas cobram taxa de parcelamento. O segredo é encontrar as menores taxas. E, se tiver sorte, pode ter acesso a alguma promoção de taxa zero durante determinado período.

Rolar para cima
Abrir bate-papo
Quer ajuda?
Quer a MELHOR maquininha? Fale com a gente!